Dicas para aumentar sua criatividade com ScRaPbOoKiNg.

“Pensar Criativo pode significar a mera constatação de que não há mérito algum em fazer as coisas do jeito como sempre foram feitas”

As vezes a criatividade desparece e você sente que não tem mais itens mágicos na sua sacola. Torna-se uma tarefa impossível iniciar um novo projeto de Scrapbooking ou terminar o que jã havia iniciado. O famoso “branco do autor” que não é privilégio dos gênios.

Por isso fui atrás de alguns pequenos truques para superar esse bloqueio criativo. E eles não valem só para scrapbooking, mas para outras situações.

Achei interessante compartilhar com vocês algumas “diquinhas” para dar um “Up” na criatividade.

1. COLOQUE EM ORDEM SEUS MATERIAIS DE TRABALHO

A ordem e organização do seu material de trabalho são fundamentais. Para algumas pessoas é muito difícil organizar, mas é muito útil reservar um espaço especifico para cada coisinha, como seus: papeis, tags, chipboords, embellishments, recortes diversos, bailarinas, ilhós, tintas, pinceis, canetas para colorir, linhas, retalhos de tecido e papel, botões, fotos, etc…

A desorganização no espaço de trabalho é a razão mais comum que leva as pessoas a buscarem soluções. Em geral, ela é um sintoma de outros problemas de produtividade.

A maneira mais simples de enfrentar a desorganização espacial e lidar com os papeis que chegam é fazer a separação inicial: reciclar, resolver e reter.

Como nenhum método de arquivamento funciona para todo mundo, é importante sempre verificar qual deles atende melhor ás suas necessidades. Seja criativo!!!.

Exemplo prático: para organizar seus materiais de scrap: Etiquetar tudo facilitará você a não perder tempo e evitará procurar artigos espalhados em caixas, saquinhos e nas gavetas.

Seu cantinho de trabalho organizado contribuirá para seus layouts, dando mais, clareza e foco nas próximas criações.

2. FAÇA UMA PESQUISA ANTES DE IR AS COMPRAS

É muito difícil a tentação de não comprar as novidades nesse mundo tão instigante, atraente e consumista.

Não seja uma viciada compulsiva. Vá ao sei objetivo de compra para elaboração daquele trabalho especifico ou encomenda para seu possível cliente.

A quantidade de uma compra não é problema, o problema no seu orçamento pode ser  a frequência de compra.

Compras excessivas de material, podem criar o efeito “ Eu não me lembro do que eu tenho”… E agora? Pela compulsão, podem levar a comprar novamente.

Quando for fazer suas compras de Scrapbook, sugiro que pegue um papel e caneta e anote o que precisa realmente antes de ir às compras.

Isso vai te ajudar a ser mais seletivo(a) nos produtos que estará comprando e será mais fácil para visualização da compra e do investimento.

Menos é mais: E você pode criar projetos bonitos e harmoniosos sem muito material. Hoje temos uma infinidade de recursos: lojas de scrapbook com produtos produzidos no Brasil. Exemplo de alguns papeis nacionais, tesouras, colas, fitas para colagem, carimbos, chipboords, base de corte, enfeites para compor sua pagina, maquinas de corte, furadores e etc… Do lado direito do blog esta “Algumas lojas de compras no Brasil”. O que ajudará na arte de Scrapbooking podendo ser acessível e com custo menor.

3. GERENCIAMENTO DO TEMPO/PRODUTIVIDADE

Gerenciar o tempo é fazer o que é importante: aquelas coisas que o levarão a alcançar seus objetivos. É gerenciar escolhas, pois não temos controle sobre o tempo; só podemos escolher como gastá-lo.

Para seu tempo ser melhor gerenciado, é necessário:

PlanejarVocê precisa identificar quais tarefas precisa executar em um dia, um mês, um ano ou num prazo mais longo. Pense nisso!

Anote tudo que inclui todas as coisas que você tem que fazer: seus projetos, layouts, pequenas pendências, assuntos mais sérios, questões pessoais, aniversários, consultas médicas, aulas, compras de materiais, questões diversas de trabalho, financeiro e etc…

Comece com uma estimativa rápida de quanto tempo seria necessário para executar cada atividade de sua lista.

Selecione a ferramenta certa para você: uma folhinha, uma agenda de papel ou uma agenda eletrônica.

  • Planejador eletrônico que eu recomendo é o  Evernote É uma plataforma organizacional sua função é coletar, organizar e anotar informações anotadas no seu computador, celular ou até mesmo através do Website, e sincronizar isso tudo com um banco de dados virtual só seu.
  • Hoje esta uma febre o “Planner”, você terá recursos para colar algumas fofurices, como: postits, adesivos, desenhar, carimbar, escrever com várias canetas coloridas, enfeitando e fazendo bonito com as famosas “Letterings”.

No meu Pinterest tenho alguns modelos de Planners, para quem não conhece e tem curiosidade em conhecer.

 planner p blogemcasablog

Alguns sites super fofos que indico  para downloads gratuitos:

Segue abaixo alguns exemplos de importância no seu tempo:

  • Importante e urgente:
  1. Os encontros que são fundamentais para impulsionar sua carreira ou levar seus projetos a diante;
  2. Deadlines de projetos: São aquelas tarefas essenciais para você ser capaz de cumprir seus compromissos ou que terão consequências adversas em caso de atrasos.
  3. Você vai ver que é mais fácil incorporar esse tipo de atividade ao seu planejamento e decidir como lidar com a situação quando jã tem uma visão clara de como seu dia ou sua semana estão organizadas.
  • Importante e não urgente:
  1. Reflita sobre seus objetivos pessoais, profissionais e da sua empresa. O planejamento de longo prazo é indispensável para minimizar ou eliminar atividades que se enquadram na categoria “Importante e urgente” e costumam causar interrupções e distrações.
  2. Trabalho em projetos. Planeje seu trabalho para evitar que seus projetos se tornem urgentes pela premência do prazo e lhe tragam problemas.
  3. Treinamento e desenvolvimento profissional. São atividades essências para o seu crescimento e a realização de seus objetivos futuros.
  4. Exercícios físicos, relaxamento e cuidados pessoais. Certifique-se de incluir essas atividades importantes e não importantes e não urgentes na sua agenda de modo que se tornem prioritárias para você.
  • Não importante e urgente:
  1. Oportunidades com prazos definidos. É fácil confundir uma oportunidade com uma tarefa importante. Nesses casos, sempre preste atenção e verifique se a situação de fato representa uma oportunidade valiosa ou não passa de mais uma atividade que vai desperdiçar seu tempo.
  2. Pedidos de informação ou ajuda. As pessoas costumam pedir ajuda ou informação com uma parente urgência, o que torna difícil dizer “não”.
  3. Prazos autoimpostos. Muito frequente as pessoas estabelecem para seus próprios projetos prazos impossíveis sem necessidade.
  • Não importante e não urgente: 
  1. Interrupções: Visitas imprevistas, telefonemas não planejados e pensamentos dispersivos são exemplos comuns.
  2. Telefonemas: Refiro-me a telefonemas, inclusive sociais, sem proposito especifico, que não fornecem informação nem exigem quaisquer providencias.
  3. Reuniões mal gerenciadas, sem objetivos, providencias ou informações.
  4. Ocupações triviais ou passatempos: São atividades que costumamos executar para evitar trabalhar, como arrumar papeis, procrastinar, navegar na internet, usar redes sociais ou até ver televisão.

Priorize: Estabeleça prioridades para suas tarefas e atividades. Assim você poderá assegurar de que fará as coisas que mais importam.

Considere cada tarefa e atividade levando em conta sua urgência e importância.

Torne-se mais  consciente de quanto tempo você gasta com atividades que o distraem do que é mais importante.

Produza: Tenha consciência das atividades que o levam a desperdiçar tempo para evitar as armadilhas que o distraem de seus objetivos. Mesmo o método de gerenciamento do tempo mais fácil e acessível não pode ajudá-lo se você não  colocá-lo em ação.

Comprometa-se com aquilo que planejou a fazer: Encontre as melhores maneiras de vencer a procrastinação; identifique as recompensas ou formas de se responsabilizar que funcionam melhor para você e o ajudam a produzir mais.

Não tente fazer duas ou mais coisas ao mesmo tempo. Isso diminui sua eficiência.

Planeje como vai lidar com as interrupções mais frequentes. Fique alerta quanto aos roubos de tempo e suas consequências negativas.

4. VERIFIQUE SEU MATERIAL

Acabamos de falar no item 1 “coloque em ordem seus materiais” é             importantíssimo. Revisar seu material, todos itens que compõe uma pagina sendo seus materiais de uso diário e os enfeites no geral, para não ter surpresa no meio de um final de semana ou feriado prolongado. Dificilmente encontrará lojas de scrapbook abertas.

Não deixe muito tempo fora de uso seus papeis e enfeites, pois eles podem ficar “démodé” ou perderem a qualidade.

5. PLANEJAMENTO CRIATIVO

Algumas vezes, começar a montagem de uma pagina de scrapbook pode ser inibidor e parecer mais complicado do que realmente é, gerando ansiedade e tirando a diversão do processo criativo. Não importa se você já fez 75 paginas ou se esta começando no Scrapbook agora, a frustração é a mesma porque queremos criar paginas que sejam bonitas e legantes com impacto visual emocional. Acima de tudo queremos encantar com a nossa criação.

O planejamento criativo é um exercício de reflexão pessoal que, com alguns passos simples, constrói a fundação ao mesmo tempo em que elabora uma visão mais detalhada para seu projeto artístico. O objetivo é facilitar o processo de seleção servindo como um guia para a escolha das fotos, cores, estilos, materiais e técnicas a serem usados.

A Composição Artística trabalha com a execução da visão, dando literalmente forma e cor ao Planejamento Criativo. E talvez esteja o melhor desafio do Scrapbooking, definir o quê, onde e como colocar os elementos na pagina e quais combinações de cores e padrão a usar, fazendo com que todos façam parte de um conjunto que cause impacto visual e emocional.

Não é preciso ser um artista, nem ter talento inato para fazer scrapbooking. O fundamental é ter a inspiração e querer contar, com o coração, as historias e a emoção que estão por trás das fotos.

SugestãoVocê pode demorar 15 minutos ou 3 dias e trabalhar com páginas simultaneamente ou uma de cada vez. Também vale deixar a pagina inacabada  em cima da mesa, descansando, para, no dia seguinte, “enxergar” coisas que não estavam lá e decidir mudar a posição das fotografias ou textos.

6. FAÇA ALGO DIFERENTE

Cada pagina de Scrapbook conta uma historia e, como você é autor da sua criação, você definirá a mensagem que quer passar, fazendo a sua interpretação daquele momento. Entender qual é a sua motivação e intenção com aquela criação.

É isso que pode fazer a diferença entre contar uma historia que encanta ou simplesmente decorar a pagina de um álbum.

Mas é você que tem a inspiração, motivação e uma visão para começar a montagem da pagina.

Faça um roteiro – Pense na intenção e no seu objetivo:

Qual é o propósito de se criar aquela pagina? Para quem esta criando? Qual é a emoção ou historia que inspiram você? Separe fotos que esta pensando em usar. Nesse momento, não se preocupe com a quantidade, apenas escolha as que mais gosta, as que mais chamam a sua atenção ou aquelas que melhor contam a historia.

Preste atenção aos sentimentos e pensamentos que as fotos despertam em você e que motivaram as escolhas. Usando palavras, desenhos ou símbolos, faca anotações ou uma lista de mapeamento. Esse material será usado mais tarde , na fase da composição Artística, para orientar a definição das cores, disposição visual, estilo, título e textos.

  • Qual é o significado dessa foto?
  • Quais são as lembranças?
  • Quais as historias que estão por trás das fotos?
  • Quais são os fatos importantes?
  • Quais são os detalhes que você quer registrar?

7. INSPIRAÇÃO

Inspirar-se em algo não é copiar quando o bloquei criativo aparece. A inspiração muitas vezes vem do exemplo de criar e da originalidade de outras pessoas.

Mas isso não significa que apreciar o Pinterst, Google, Youtube, Instagran, Facebook, facilitará a sua criatividade. Estas coisas podem também bloquear ou deixar míope a sua criatividade.

Se você copiar projetos de outras scrappers, isso trará um sentimento de “ Não era isso que gostaria de ter feito”, Será  que esta faltando algo? Ou não? Estou feliz com esse projeto? Podendo trazer uma frustração.

Quando olhar para um projeto que copiou, fez igual da Internet ou de suas inspiradoras, continuará com um sentimento de vazio criativo e retornando novamente ao Sr. Google e outras mídias.

  1. Escolha a foto mais importante a que melhor representa o tema, registre a história e traduz a emoção que você quer guardar. Você esta, neste momento, definindo qual será o elemento central e o foco da sua página.
  2. Selecione as outras fotos que quer usar para acompanhar a foto principal. Procure usar as imagens que trazem informações complementares mostrando diferentes ângulos da historia e não fotos similares, a não ser que a repetição seja um elemento estético importante da historia. A criação é sua.
  3. Procure formas e padronagens nas fotos, como círculos, quadrados, listras, florais, xadrezes. Quais são as características e qualidades presentes, força, energia, masculino, feminino, natureza, juventude, mistério, paixão, aventura, delicadeza, inocência, décadas de 70, anos 80, 90, 2000?
  4. Pensando no tema, na historia e na mensagem que você quer passar, qual é o estilo que melhor expressa o significado daquela pagina: Romântico, rústico, elegante, infantil, rebelde, sofisticado?
  5. Trabalhar uma pagina de Scrapbook é um processo dinâmico e interativo, no decorrer da montagem, podemos sentir que precisamos mudar alguma coisa, adicionando ou subtraindo elementos ou informações do roteiro.
  6. Não corra atrás da perfeição muitas vezes algumas ideias que ainda não estão claras ou perguntas ainda sem resposta que irão se “reorganizar” a medida que a página vai sendo construída. Acolha a imperfeição e abrace o prazer de contar historias e fazer scrapbooking.

Pagina Epcot

Design e criação: Camila Camargo p/ VidaAdentro.

Intenção/Objetivo: Registrar a Viagem para Epcot Center, em Orlando, Flórida. Esta página será parte do Álbum “Viagens e Aventuras” que terá 1 página de cada parque visitado nessa inesquecível viagem.

Fotos: Foto Epcot Center Marido&eu – 2015

Sentimentos: Inesquecível lugar, romance no ar, de bem com a vida, conhecendo outras culturas dentro do parque.

Dimensões: 1 fotografia 10 x 15 na posição horizontal.

Cores: Céu azul com as cores predominantes vermelho nas roupas e flores.

Qualidades: diversão, amor, romance, flores, lindo dia.

Estilo: casal, beijo, aproveitando os bons momentos.

8. VENDER O QUE NÃO UTILIZA

Sugiro uma vez por semana limpar, organizar seu espaço criativo. Uma opção é doar o que não utiliza, fazer um bazar para suas amigas, clientes ou divulgar em algum site de desapego.

Outra opção seria montar kits criados por você e presentear suas amigas ou alguém que você gostaria de despertar para esse mundo criativo e cheio de fofuriCes.

9. AS FOTOS SÃO A CEREJA DA PÁGINA

A fotografia é parte essencial para composição de sua pagina de Scrapbooking. Antes de qualquer enfeite é preciso ver a fotografia.

Comece tirando boas fotos📸.

Trabalhe a iluminação, contraste, foco, cores, filtros e moldura. Amplie as fotos para criar uma imagem grande e expressiva; ou reduza varias, para compor um conjunto  interessante.

Se usar câmera fotográfica digital, ajuste a configuração para a maior resolução ou compressão possível, medida em megapixels, para garantir uma revelação de qualidade em qualquer tamanho, de 5x7cm, tipo passaporte, ate 20x30cm, tamanho suficiente para ser usada como fundo da pagina 30x30cm de Scrapbook.

Pense em formas de montar composições criativas usando papeis, embellishments, elementos que servem para valorizar a pagina, mas o importante são as fotos, as historias e o que ela representam.

Balao_criatividade_blog

Use apenas suas melhores fotos e guarde as outras. Não tenha medo ou culpa se não usar todas as fotos, lembre- se: Você esta contando uma historia e não documentando uma exposição.

Em seu momento de descontração, deixe as redes sociais um pouco de lado em alguns momentos dos seu dia. Parece impossível, mas fará bem. Tenha flexibilidade em suas acões, deixe sua mente clara e leve para atrair novas inspirações. Será mais fácil e prazeroso colocar sua criatividade na hora de montar seu layout e compor sua pagina de Scrapbook.

Tente descobrir quais seus acertos das dicas, se algumas das dicas ficaram de fora: adapte, faça perguntas, olhe o avesso das coisas, faça associação de idéias, faça uma metáfora e quebre as normas.

Existem tantas historias esperando para serem contadas. Portanto apanhe as fotos e comece a fazer arte… E crie a sua própria arte de scrapbooking!!!

Espero que este post tenha ajudado um pouquinho a equilibrar sua criatividade.

Camila Camargo p/vidaadentro.

Imagem relacionadaFontes Pesquisadas:
  • Scrap Fascículos – Fotografe para Scrapbook: Maria Antonia Alvarez.
  • Scrapbooking Manual Prático: Ângela Mathias de Assis Nascimento.
  • Um Chute na Rotina: Roger Von Oech.
  • Produtividade Máxima: Tamara Schwambach Kano Myles.